close
Startups: desafios em tempos de COVID-19
Empresas ou PME

Startups: desafios em tempos de COVID-19

Foi tudo muito rápido. Ninguém poderia prever em dezembro que em abril o mundo não seria mais o mesmo. Até poucos meses atrás, a maior preocupação das startups era captar e crescer. E, com a chegada do COVID-19, a prioridade virou outra: sobreviver.

É um momento inédito, sem precedentes.

De certa maneira, as recomendações que circulam para startups e negócios pequenos são bastante parecidas. Entre elas estão:

  • Preserve o caixa e a liquidez e, principalmente, rever os gastos internos.
  • Aguarde para fazer novas contratações.
  • Calcule o “runway” para pelo menos um ano, com objetivo de não precisar de mais investimento externo neste período.
  • Renegocie contratos em andamento.
  • Não tome nenhuma decisão estratégica com impacto no negócio no curto e médio prazo.
  • Estude a possibilidade de reduzir drasticamente a carga horária de profissionais que neste momento estão sem atividades, mas serão necessários quando a crise diminuir.
  • Se possível diminua os salários dos executivos principais.
  • Reveja sua verba de marketing, considerando que é um setor essencial para startups pois gera crescimento para o negócio.
  • Mantenha uma comunicação sensível e transparente entre empresa, colaboradores e clientes.
  • Considere que será difícil conseguir captar novos clientes e recursos de investidores no curto prazo. Por isso, mantenha foco nos clientes e no dinheiro líquido que o negócio já tem.