close
Cuidando da saúde do caixa em tempos de pandemia
Dicas e Curiosidades - Empresas ou PME

Cuidando da saúde do caixa em tempos de pandemia

Photo by Adeolu Eletu on Unsplash

O fluxo de caixa é um instrumento importantíssimo para controle, planejamento e gestão eficaz do negócio. Em tempos de crise, essa área merece ainda mais atenção, a fim de prever e minimizar impactos negativos que possam comprometer a continuidade dos negócios.

Durante a pandemia da COVID-19, algumas questões merecem atenção especial e precisam estar 100% no radar dos gestores. Para ajudar você a proteger o seu caixa, preparamos algumas dicas práticas importantes.

Gestão eficiente do dinheiro

  • Revise seu fluxo de entradas e saídas de caixa de modo a garantir que tudo foi devidamente mapeado.
  • Analise seus contratos com fornecedores, avaliando sua essencialidade para o momento de crise. Suspenda ou cancele total ou parcialmente os contratos não essenciais.
  • Renegocie com seus fornecedores os prazos de pagamento, prorrogando os vencimentos e parcelando eventuais débitos.
  • Otimize os custos operacionais, porém sem comprometer suas entregas.
  • Reduza as despesas operacionais, uma por uma, assim como os desperdícios. Seja mais rigoroso do que o normal nesse momento.
  • Mantenha o foco na produtividade e na geração de negócios: mais do que nunca é preciso criar valor para seu produto ou serviço, aumentando vendas e geração de caixa operacional.
  • Incentive o recebimento antecipado dos clientes oferecendo descontos atraentes.
  • Esteja sempre atento para as oportunidades e incentivos do governo. Parcelamento dos tributos, utilização de créditos fiscais, dentre outros.
  • Considere o aporte de capital na empresa, seja de sócios ou de potenciais investidores.

Cenários, planejamento e gestão dos recursos

  • Crie cenários para sua projeção de caixa e busque soluções para cada um deles. Os cenários devem ser otimistas e pessimistas.
  • Seja criativo e prudente.
  • Faça o planejamento e projeção de curtíssimo, curto, médio e longo prazo. Isso ajudará nas tomadas de decisões.
  • Busque alternativas que tragam fôlego para manter seu negócio viável.
  • Organize suas receitas e despesas, mantendo-as sempre atualizadas nos seus controles.
  • Conheça muito bem cada item do seu fluxo de caixa.
  • Acompanhe os resultados de perto, com lupa, o tempo todo!
  • Faça o possível para manter a empresa em dia com suas obrigações fiscais.
  • Analise se convém parcelar os tributos ou pagar posteriormente à vista. Mas fique atento: empresas que já têm parcelamentos fiscais anteriores não podem atrasar mais do que 3 parcelas, sob pena de exclusão pelo Fisco.
  • Antecipe suas necessidades de caixa e negocie linhas de crédito com maior antecedência. Isto poderá reduzir significativamente os custos da dívida e te dará maior tranquilidade para gerir o negócio.
  • Considere prazos mais longos e carência para iniciar o pagamento da dívida.

Já sabemos o quão difícil é manter a saúde financeira do negócio, e durante momentos de crise é ainda mais desafiador. Lembre-se que a rapidez, a flexibilidade e a estratégia aumentam significativamente as chances de superar os desafios.