close
COVID 19 e criatividade nos negócios.
Dicas e Curiosidades - Empresas ou PME

COVID 19 e criatividade nos negócios.

Empreendedores geralmente costumam ser criativos. Não apenas quando têm uma grande ideia, mas principalmente quando conseguem implementar as soluções chamadas “fora da caixa”.

Segundo Einstein, criatividade é a mente se divertindo. Só que nem sempre é assim, porque normalmente as ideias brilhantes não surgem do nada, mas exigem um brainstorm interno ou com outras pessoas que pode ser inclusive demorado e angustiante.

Para alguns, a criatividade é quase como um “dom” natural, porque as ideias fluem e surgem naturalmente, sem esforço (talvez Einstein estivesse se referindo a esse perfil criativo). Enquanto que outras pessoas (não necessariamente menos criativas) sofrem mais para encontrar soluções originais.

Independente do processo individual, o valor da ideia criativa não se mede pela facilidade com que ela surge, mas simplesmente pelo seu impacto.

Agora, em tempos de COVID-19, foi possível acompanhar várias empresas usando a criatividade para se adequar ao novo momento e continuar produzindo.

Na Itália, por exemplo, os shoppings estão reabrindo com novas regras de circulação. Um deles sinalizou o chão como se fosse uma estrada, indicando as rotas a serem seguidas, a distância mínima entre cada pessoa e uma placa proibindo ultrapassagem. Na entrada, um semáforo regula a entrada e saída para pessoas. Sinal verde, pode entrar. Sinal vermelho, aguarde sua vez. A analogia com o trânsito, algo que faz parte do cotidiano de todos, facilita o entendimento e assimilação das novas regras.

Da mesma forma, em diversos locais onde as atividades comerciais estão voltando a funcionar, alguns restaurantes estão usando manequins nas mesas (inclusive com vestimentas temáticas) para facilitar o distanciamento social. Fala se isso não é criativo?

Uma outra ideia super criativa foi desenvolvida para resolver a questão dos aviões, diminuindo o contato entre passageiros: a reorganização dos assentos de forma que, em uma fileira de 3, dois fiquem voltados para frente e o do meio para trás, todos separados por cabines de acrílico fáceis de desinfetar.

A criatividade ajuda demais na busca de soluções, especialmente quando precisamos nos adequar a situações novas. No entanto, ela nem sempre consegue resolver tudo.

Infelizmente não será com a criatividade que vamos encontrar uma vacina ou o remédio do coronavírus – porque esse departamento é e sempre será da ciência, que se fundamenta na inovação com base em pesquisa, testes e desenvolvimento.

Mas é com criatividade somada à resiliência que poderemos aguentar a quarentena e, depois, voltar a empreender com tudo.