close
Compliance: nunca é cedo demais para implementar
Dicas e Curiosidades - Empresas ou PME

Compliance: nunca é cedo demais para implementar

Compliance: nunca é cedo demais para implementar

Compliance é um termo que vem do inglês e, no mundo dos negócios, significa adequar-se às normas e regulamentos da Lei. Sendo assim, um programa de compliance é uma série de práticas que uma empresa adota a fim de melhorar a gestão do negócio.

Muitos empreendedores de startups imaginam que a implementação de um programa de compliance não precisa acontecer no primeiro momento, por causa dos custos e porque poderia de alguma maneira afetar o crescimento acelerado da empresa.

No entanto, não é bem assim.

Os mecanismos de compliance, quando implementados desde o começo da empresa, podem ser uma ferramenta poderosa para as startups, já que facilitam uma boa comunicação interna e externa, promovem a cultura de manter os registros em dia e o respeito às regras. Fora isso, podem ter um papel importante na captação de recursos
de investidores.

Segundo especialistas, quanto mais cedo os donos das empresas se preocuparem com compliance e governança, também é menor a chance de desentendimentos durante a eventual saída dos sócios no futuro.

Nos processos de due diligence, é feita uma análise da organização que inclui todos aspectos financeiros, contábeis, tributários e de reputação e integridade da empresa.

Quando já existe um programa de compliance desde o começo da startup, as chances de sucesso ou melhores condições nas fusões, aquisições ou investimentos são maiores.

Segundo Marcela Huertas, fundadora da MCM Corporate, “a empresa que vive uma cultura voltada para todos os seus stakeholders não tem a menor dificuldade em estar em conformidade com as regras do jogo de um capitalismo consciente. E o contrário também é verdade, culturas empresariais que não observam as necessidades dos clientes, colaboradores, fornecedores e todos os agentes da operação, incluindo o governo, têm maiores dificuldades em entender e aplicar todas as regras e genuinamente estar em ‘compliance’, portanto precisam investir um pouco mais para implementar essas regras de uma maneira forçada.”