close
Checklist rápido antes de começar a due diligence.
Due Diligence

Checklist rápido antes de começar a due diligence.

De acordo com o tamanho do investimento e do perfil da startup, o processo de due diligence pode levar várias semanas ou até alguns meses para ser concluído. Mas não importa. Antes do início do processo, o empreendedor precisa fazer sua própria diligência pensando, de forma reversa, o que passa na cabeça do investidor.

Como referência, preparamos um resumo dos principais aspectos e pontos que a maioria dos investidores levam em conta no processo de due diligence. Confira.

Análise do pessoal-chave.

Esteja preparado para uma conversa com as principais pessoas envolvidas na empresa. Em muitos casos, buscam-se referências e antecedentes, para saber sobre o comprometimento e a experiência do pessoal. Como os investidores tendem a investir em pessoas, a revisão dos recursos humanos é normalmente o item de maior importância.

Status atual de produto ou serviço.

Os investidores querem saber se existem problemas relacionados a produtos e serviços. Por isso, será analisada com atenção a maturidade da tecnologia, o progresso atual do desenvolvimento e a satisfação do cliente com relação à qualidade dos produtos ou serviços entregues. Além disso, quando for o caso, os níveis de produção e estoque serão revisados.

Revisão de oportunidades.

Um critério-chave para um bom investimento é a oportunidade de crescimento. Valide as avaliações anteriores com base em alterações recentes nas tendências e condições econômicas. Os números e as projeções precisam ser atuais e totalmente fiéis à realidade.

Avaliação do mercado.

Um investidor diligente fará uma leitura final sobre o mercado, as barreiras de entrada, concorrência ativa, dados demográficos e precificação. O canal de vendas e a distribuição serão analisados, assim como o custo de aquisição por cliente. Tudo isso para fazer uma avaliação das projeções financeiras.

A ideia principal de uma due diligence é que o investidor não tenha surpresas após o aporte de capital.

Os investimentos em startups significam um relacionamento comercial de longo prazo, com duração média de cinco anos. Nesse período, é muito difícil para qualquer uma das partes sair do acordo, por isso, para o bem de todos, é essencial que todos sejam verdadeiramente transparentes e comprometidos desde o início da relação.

Photo by Andrew Neel on Unsplash